Você já teve a oportunidade de usar um sino para alguma finalidade?

Me lembro quando criança que em casa tínhamos um pequeno sino, e quando minha mãe ficava doente por algum motivo, onde ela precisava descansar, repousar o corpo ou a voz, ela usava o sino para chamar um de seus quatro filhos e quando ouvíamos, sabíamos que precisávamos dar uma assistência a ela. Foi tão eficiente a ideia do sino, que depois, por um tempo, usamos o sino para avisar que “o almoço está servido na mesa!!”.

Como toda criança, eu brincava com o sino e ficava balançando a ponto de se tornar irritante, e então vinha alguma advertência e parar de fazer o barulho que estava se tornando insuportável ou … Você pode até estar imaginando o porquê estava se tornando insuportável.

Você já teve um sino na mão? Como foi sua experiência?

Há alguns meses atrás pude assistir uma apresentação na escola dos meus filhos, onde os alunos apresentavam seus talentos em diversas categorias, e uma delas me chamou a atenção.

Alguns alunos, posicionados atrás de mesas distribuídas em um semicírculo, vestindo luvas brancas nas mãos e sobre a mesa um instrumento pouco usual de se ouvir em um concerto musical, pelo menos para mim. Estavam lá, os sinos.

Sinos de diversos tamanhos, desde os pequenos, como os que eu tinha em casa quando criança, até uns bem grandes. De repente, eles começam o concerto e a minha expressão, e a de muitos, é de maravilha e um espanto demonstrado por sorriso surge por toda plateia. Uma linda melodia começa e impressiona pela qualidade daquilo que se ouvia. (se você nunca viu um concerto de sinos, veja aqui SINOS )

Porque estou escrevendo sobre sinos?

Essa história me faz pensar na importância da comunicação dentro das instituições e na vida em geral.

Nossa comunicação é como um concerto de sinos, se eu souber usar será capaz de transmitir uma doce melodia que trarão resultados positivos, porém se usar de forma indevida os resultados poderão ser desastrosos.

Como tem sido sua forma de comunicar, seja com seus líderes, liderados, nos negócios com fornecedores ou clientes? Que tal olhar seus resultados e os da sua organização. Pode ser que você esteja tocando o sino de forma indevida, e com a lei dos sinos, o resultado você decide como será.

Espero que tenha gostado do texto e tenha sido como um leve tocar de sino para uma reflexão e sua comunicação. Abraços e até uma próxima.

Ah! Deixa seu comentário aqui. Sua comunicação é muito valiosa aqui 🙂

Anúncios