Porque não deixar um sonho para trás?

Quero trazer uma pequena reflexão baseado em uma conversa com amigos que tive nesta última semana.

Estávamos conversando sobre os grandes nomes que por causa de seus sonhos criaram grandes impérios, empresas sólidas e centenárias. E nessa conversa eu pude compartilhar um pensamento, que é claro é quase que uma metáfora, porém pode ser uma realidade na vida de muitas pessoas.

Imagine se você tem um grande engenheiro, ou funcionário que tem uma grande ideia, porém ao realizar o seu resultado seria um produto com uma eficiência máxima de 10% e uma perda de até 90%. Como seria sua reação se esse engenheiro, funcionário, empreendedor lhe oferecesse para comprar sua ideia ou para lançar o seu produto?

Provavelmente você, assim como eu, não teria interesse, afinal como investir em algum produto como esse? Então o que me diz? E se você fosse o patrocinador desse empreendedor, como seria?

E pensar que isso aconteceu com um grande homem, que tem sua história marcada como um grande empresário e construiu uma empresa sólida, centenária. Mas como isso?

Na minha reflexão se trata de foco em sonhos. Alguém que teve um dia um sonho e não esperou para encontrar o momento certo, ou a condição ideal, simplesmente foi o agente de seu destino. Identificou uma necessidade, uma oportunidade, e foi atrás de sua realização. Fracassou muitas vezes, alguns dizem que mais de mil vezes e quando perguntado sobre seu fracasso, sua resposta foi a respeito de aprendizado ao invés de fracasso.

Talvez você já deve estar imaginando de quem estou falando, pois é, esse empreendedor, criador, inventor foi Thomas Alva Edison. É claro que no seu tempo a sua invenção foi altamente revolucionária, e até alguns anos atrás sempre lembrada e ainda sua persistência, visão tem sido estudada em cursos de MBA nas principais escolas de negócios, afinal a partir dele que a grande General Electric nasceu.

Porém como seria hoje se Edison surgisse num projeto com um produto com tal eficiência e perdas, talvez se fosse o gerente de uma engenharia, ou gerente de projetos, poderia ele ser demitido ou perderia “a sua vez” à frente de outros projetos? Pois é, algumas coisas fizeram a grande diferença nessa história, uma delas foi a oportunidade e outra que posso trazer aqui foi a persistência em um sonho, uma visão.

Quantas pessoas tem postergado alcançar seus sonhos, realizar seus objetivos e buscar alcançar grandes resultados esperando alguém fazer alguma coisa por eles, ou esperar a hora certa, a condição correta, o dinheiro para isso e aquilo, ou no primeiro desafio já desistem de seus sonhos e voltam à estaca zero?

Quantas vezes você recebeu um não para o que tem buscado? Quantas vezes você tem demorado para agir em busca dos seus resultados? Quero deixar aqui alguns conselhos, que podem te ajudar:

  1. Invista em seus sonhos, volte para a ‘prancheta’ e coloque no papel tudo aquilo que você quer realizar e alcançar
  2. Comece hoje a realizar sua jornada, o tempo de realizar os seus sonhos é agora
  3. Quando receber um não, procure aprender com essa experiência, o ambiente, as circunstâncias que permitiram esse ‘não’ e receba-o como um grande aprendizado, um presente para seguir adiante
  4. Coloque seu coração nos seus sonhos
  5. Quando chegar lá, celebre e seja feliz!

Espero que essa pequena e breve reflexão posso ter lhe ajudado. Obrigado e um grande abraço.

Anúncios