Uma dos grandes desafios que vivemos nos dias de hoje é a incapacidade de nos olharmos no espelho e sabermos quem nós somos. O mundo ao nosso redor tem dirigido nossos olhos, desejos, expectativas.

Deixei de viver meus sonhos e passei a viver os sonhos dos outros, e minha incapacidade de olhar minha própria situação e saber quem eu realmente sou passou a ser algo distante. Com isso, o meio passou a interferir em minhas decisões e isso me transformou em um fracassado, pois o mundo ao meu redor é mais dinâmico e rápido, e quando percebo vejo que não fui capaz de chegar onde esperava ir porque a fronteira que eu precisava cruzar ficou mais distante, o mundo se alargou e quando me dei conta, ainda faltava muito e minhas forças não eram mais as mesmas.

Quantas vezes você não se sentiu assim?

Muitas coisas ao nosso redor tem a capacidade de tirar nossos olhos do que realmente buscamos para nós, e até mesmo de enterrar sonhos de crianças. Quantos não pensaram em ser bombeiros, policial, astronauta, médico, engenheiro, jogador de futebol? Mas algo aconteceu no caminho, e hoje não sabemos quem somos, sabemos o que fazemos. Existe uma grande diferença entre querer ter sido um bombeiro e hoje não ser.

O Bombeiro é aquele cara que se aventura, sem medo, para ajudar pessoas. Enfrenta o fogo, luta com seu machado contra as paredes, que estão caindo, para salvar vidas, e depois mesmo cheio de fuligem sai vitorioso.

Ser policial é aquele que quando passa sorria para as pessoas ao seu redor e as pessoas se sentiam seguras, eu como policial (me imaginando) caminhando e passando a segurança para as pessoas ao meu redor, presença com autoridade, fazedor do bem e com um juízo justo.

Um astronauta, seus esforços, vitorioso, um ar de conquistar além dos limites dos céus e tocar as estrelas. Sentir a capacidade de flutuar, como se pudesse voar.

Médico, engenheiro, jogador de futebol…. artes de fazer diferença, no encanto da vida e construção de coisas que se tornam memoráveis, trazem sorrisos e satisfação.

Buuuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmm…. o que aconteceu com a criança que queria ser tudo isso?!

Não sei quem eu sou, perdi minha identidade para o mundo a minha volta… posso ser um engenheiro porém não construo mais sonhos, não trago as idéias à realidade, apenas sei que sou engenheiro porque tenho um diploma na parede, um cargo em uma empresa, e por aí vai. Afinal, quem eu sou? Perdi a minha identidade e adotei a identidade dos bytes, das ondas sonoras e das imagens que entram pelas janelas de acesso, meu olhos, ouvidos, corpo, coração.

Hoje quero te dizer quem você e eu somos. Somos um farol. Um farol que é visto a distância pelo que ele é.

Me lembro de uma historia de um grande Porta-aviões de guerra, um dos mais poderosos de sua frota. Estava navegando e de repente em seu radar o marinheiro se dirige ao capitão e diz:

– “Capitão, há um objeto não identificado à distancia de 10 milhas e estamos indo em sua direção”. Então o Capitão do Navio diz ao marinheiro:

– “Diga a quem estiver do outro lado que mude a rota”. Pronto, o marinheiro pega o radio e informa:

– “Objeto, aqui é o Marinheiro e informo que estamos em rota na sua direção, e você deve mudar sua posição de aproximação em 5 graus para que passemos sem impedimentos”. Do outro lado então vem a resposta:

– “Aqui é o objeto, por favor, mude você a sua rota em 5 graus”. O marinheiro se assusta e olha para o capitão, que ordena ao marinheiro falar novamente sobre o alerta e este o fez mais 3 vezes e em todas elas a resposta foi a mesma: “mude você a sua rota…”

Então o Capitão do poderoso Porta-aviões toma o transmissor das mãos do marinheiro e diz:

– “Aqui quem fala é o Capitão do Porta-aviões nuclear da Frota Atlântico, somos o maior Porta-Aviões do Mundo e temos armas de longo alcance. Temos autorização para transitar em todos os Oceanos e ordeno que mudes sua rota em 5 graus, do contrário usaremos dos recursos que temos para continuar nossa rota sem qualquer mudança!!! “Então todos se entreolharam e deram sua atenção ao radar e um silencio de 3 segundos se instaurou…. então a voz do outro lado diz:

– “Mude sua rota em 5 graus, do contrário vocês irão colidir. …….. Sou um Farol”.

Você pode ter ouvido essa historia e refletido em vários aspectos, porém ….. sabe o que aprendo nessa história?

Sou um FAROL. Muitos não mudam esperando os outros mudarem para continuar sua vida,e  isso inclui a minha vida. Ser um farol representa:

  • Ter seu proposito
  • Cumprir o proposito independente da qualidade do navio que vem ao encontro
  • Ser uma referencia para trazer segurança
  • Brilhar quando tudo está escuro
  • Ser um lugar de descanso

Não sou somente um farol, mas é algo que posso ser. As vezes tenho faltado em visitar o espelho e olhado pra mim e dizer quem sou e o que posso ser. Me lembrar e ir atras dos meus sonhos. Mudanças são necessárias, porem vou mudar para alcançar aquilo que posso ser, e posso ser a partir do momento que desejei ser!

Eu nasci para vencer e você também, não importam as lutas, adversidades, fracassos, e outras situações que vierem de encontro. Vou cumprir meu propósito e isso será mais que suficiente para me fazer brilhar.

Você pode ser o que quiser ser. Que tal ser um bombeiro?

Um abraço e Sucesso! Você e eu merecemos.

Felipe Hodar

Anúncios