Será 2010 um ano de oportunidade?

Estava pensando no que poderia escrever para iniciar o ano de 2010.

Quem sabe uma palavra de motivação – Motivação, uma palavra que impulsiona a muitos a continuar naquilo que muitas vezes parece tirar as forças de um indivíduo, grupo, etc.

Quem sabe a respeito de liderança – Liderança, algo que iremos precisar no ano do pós-crise, etc.

Quem sabe falar de economia e tentar prever o que vai ocorrer com as economias das grandes potências, ou dos países emergentes, o que ocorrerá com as comodities, etc.

Quem sabe falar da sustentabilidade, do meio ambiente, etc…

Vários temas passaram na minha mente, mas um persiste em ficar, e algo que queria compartilhar já há algum tempo, mas não achava momento apropriado. Bem, acho que agora seria esse momento.

Gostaria de falar a respeito de gratidão.

Porque escolhi falar de gratidão? Seria pelo fato de estar entrando em um novo ano e decidir não fazer promessas, pedidos? Sim, é verdade, temos que começar agradecendo.

Será que eu posso ser grato e começar o ano agradecendo? Vamos pontuar algumas coisas que eu poderia agradecer:

–          Meu Deus

–          Saúde

–          Família

–          Casamento

–          Filha

–          Pais

–          Familiares

–          Amigos

–          Emprego

–          … Poderia escrever páginas ao meditar sobre tudo que posso agradecer…

Mas porque ser grato é algo tão difícil de fazer a ponto de eu querer falar a respeito desse tema ao invés dos demais citados acima?

Confesso que nos anos que passaram passei pela vida de várias pessoas, e o que recebi delas? Na grande maioria, não recebi nenhum obrigado.

O Ser Humano, no que eu entendo, é carente de receber reconhecimento, seja através de seu trabalho e assim dizer do reconhecimento, seja através de uma promoção, remuneração, etc. Mas na verdade acredito que mais que o reconhecimento de forma material, somos carentes de recebermos o famoso e velho, pouco lembrado: “muito obrigado”.

Estou lendo um livro que em pouco tempo deverei termina-lo, escrito por Max Lucado, um homem muito sábio. Em seu livro “Todo dia é um dia especial”, ele escreve que gratidão é uma opção e nos remete a um texto escrito na agenda de Matthew Henry, que fala de gratidão quando teve a sua pasta roubada: “Deixe-me agradecer, primeiramente, porque nunca fora roubado antes; segundo, embora eles tenham roubado a minha pasta, eles não tiraram a minha vida; terceiro, embora eles tenham levado tudo o que eu tinha no momento, não era muito; e, finalmente, porque fui eu que fui roubado, não quem roubou”.

Interessante a forma de ver o sentido da gratidão aqui demonstrada. Realmente eu jamais tinha pensado sobre gratidão dessa forma, e acredito que preciso aprender com esse homem.

Certa vez eu ouvi dizer que gratidão é uma moeda que está em falta nos nossos dias. Gostaria de poder trazer essa moeda para circular em 2010 e continuar nos próximos anos. Será 2010 um ano de oportunidade? Sim, eu diria que uma nova oportunidade, uma oportunidade de iniciar agradecendo, seja no momento de acordar até o momento de deitar. Agradecer. Quem sabe, podemos nos surpreender com o ano começando diferente… É uma oportunidade, eu vou aproveitar e você?

Abraços e Feliz 2010

Felipe Hodar Luengo

Anúncios